Análise para o Card Principal do UFC 252 – 15/08/2020

É sábado de UFC! É dia de evento numerado. Gostamos! Evento que vale cinturão, então, gostamos mais ainda. Em relação aos últimos eventos do UFC, em termos de quantidade de lutas, este deixa um pouco a desejar, de fato. Serão apenas dez combates. Mas quantidade não quer dizer qualidade, não é mesmo? São menos lutas, mas quase todas de imenso valor para serem muito animadas. Para nós brasileiros, toda a transmissão do evento fica, como sempre, sob a batuta do Canal Combate.  Aqui neste post, falaremos um pouco das principais lutas do UFC 252.

Las Vegas receberá o UFC 252

A cidade da luta receberá este evento numerado. Como citado, o UFC 252 terão apenas dez lutas. Cinco delas acontecerão no card preliminar e as outras cinco, no card principal. A principal luta da noite marcará a trilogia entre os pesos pesados, Daniel Cornier, ex-campeão do evento, contra o campeão, Stipe Miocic. Cada um venceu um duelo. Daniel Cornier, uma das lendas recentes do UFC, encerrará a sua carreira após esta luta – ganhando ou perdendo. NO Coevento da noite, Marlon Vera tenta voltar ao caminho das vitórias e não servir de escada para a ótima fase de Sean O’Malley. O brasileiro Júnior Cigano tentará mostrar que ainda tem garrafas para vender dentro da maior organização de lutas do mundo, na terceira luta mais importante da noite. Veja abaixo um pouquinho sobre as principais lutas do UFC 252.

irmão de peixe, peixinho é? Ditado a prova no UFC 252

Um dos ditados muito utilizados entre os brasileiros, cabe para a luta que abre o card principal do UFC. Herbert Burns, irmão de Gilbert Durinho – que disputará o cinturão do UFC daqui algumas semanas -, tentará a sua terceira vitória dentro do UFC. Suas atuações foram expressivas até agora. Seus adversários nunca passaram do primeiro round dentro do UFC. Daniel Pineda retorna ao UFC após uma primeira passagem sem brilho. O mesmo foi pego no antidoping em suas últimas lutas, quando vivia a sua melhor fase na carreira. Piñeda é um cara duro, mas a fase de Burns é superior. Acredito que seja o momento do brasileiro. As casas de apostas dão cotação de 1.36 para a sua vitória.

O duro John Dodson tenta não servir de escada em seu combate

Sem dúvidas, John Dodson é um cara duro. Mas a sua fase está ,longe de ser positiva. A verdade é que, desde o título do TUF conquistado há alguns anos, ele nunca conseguiu encontrar o melhor ritmo para a sua carreira dentro da organização. Mas para ganhar de si, é preciso ir ao limite. O mesmo nunca foi nocauteado e nem finalizado no UFC. Não sou admirador do modo de lutar de Merab Dvalishvili. Mas o mesmo é duro, de fato. Merab Dvalishvili chega embalado ao confronto. São quatro vitórias consecutivas. Mas todas por decisões dos árbitros laterais. É uma aposta arriscada, mas Dodson tem mais de onde tirar. As casas de apostas não o consideram como favorito. Sua cotação está em 2.87. Mas acredito em sua vitória.

Junior Cigano ainda tem lenha para queimar?

Junior Cigano, em seu auge, fora um dos lutadores mais interessantes que eu vi no UFC. Mas há tempos o mesmo não está em sua melhor forma. Algumas atuações recentes foram constrangedoras, diga-se. O brasileiro vem de duas derrotas consecutivas. O duelo desta noite é derradeiro para o direcionamento de sua carreira. Jairzinho Rozenstruik sofreu um nocaute assustador em sua última luta. Mas foi a sua primeira derrota na carreira. Antes disso, pelo menos no UFC, todos os lutadores que lhe enfrentaram foram nocauteados. Cigano pode até ter mais talento, mas seu queixo não me parece resistente para aguentar o poder de Jairzinho. As casas de apostas dão cotação de 1.72 para a vitória de Jairzinho Rozenstruik. Acho a melhor aposta aqui.

Promessa de grande luta no Coevento do UFC 252

A segunda luta mais importante do UFC 252 promete ser de ótimo nível. frente a frente, dois lutadores qualificados, em fases consistentes em suas carreiras. Sean O’Malley nunca foi derrotado em sua carreira. NO UFC, fizera somente três lutas, mas conquistou dois nocautes em seus últimos combates. Ambas as últimas duas lutas não chegaram ao segundo round. Marlon Vera vivia fase especial, também. Eram cinco vitórias consecutivas dentro do UFC. Mas acabou sendo derrotado em seu último duelo. Mas para lhe vencer, o adversário tem que dar-se mais. O mesmo nunca foi nocauteado ou finalizado na carreira. Pelas grandes atuações recentes, o favoritismo está com Sean O’Malley. A cotação dada pelas casas de apostas é de 1.33. Mas vale arriscar em Marlon Vera, viu? O mesmo é mais experiente e tem se mantido sólido. A cotação para a sua vitória é de 3.40,

A trilogia quer marca a despedida de uma lenda pós UFC 252

Eu sempre achei Stipe Miocic um cara duro. Confesso. Mas nunca além disso, a princípio. Porém, o mesmo evoluiu por demais. A sua seriedade e confiança, o fizeram de si um lutador dos mais respeitados. O cinturão foi conquistado, mantido… Aí veio o adversário de hoje, Daniel Cormier e lhe roubou o cinturão. A falta de confiança poderia fazer com que o seu ritmo fosse reduzido. O máximo já havia sido atingido. Mas não é que Stipe Miocic recuperou o cinturão diante do mesmo? Você duvida que ele poderá mante-lo mais uma vez? Daniel Cormier é uma lenda do UFC. O mesmo conseguiu conquistar o cinturão em duas categorias diferentes. Fato raríssimo. Cormier fora derrotado por apenas dois homens em sua carreira. Uma outra lenda, Jon Jones, e o adversário de hoje. Isso dá com exatidão a magnitude deste confronto. É difícil ir contra qualquer um destes lutadores. A cotação de 1.90 para cada um dos lutadores, mostra com exatidão o equilíbrio do confronto. Aqui vai ser apenas um chute. Gosto de Cormier. Apostaria nele. Mas é algo muito arriscado.

  • A temporada do beisebol da MLB está muito boa!
  • Semana que vem começam os playoffs do basquete da NBA.
  • Saiba como lucrar com a temporada do futebol americano da NFL.
  • Quais tenistas se manterão no topo do tênis pós-pandemia.
Leonardo Rangel

Leonardo Rangel

Sou formado em administração, mas o meu amor pelos esportes de maneira geral, fizeram com que eu encontrasse nas apostas esportivas online o meu meio de vida, desde meados dos anos 2000. Me dedico todos os dias a melhorar como apostador, a fim de trazer lucros para mim e para quem me acompanha. Com muita dedicação, busco um ótimo conteúdo para ajudar os apostadores que não tem tanto tempo para analisar os jogos.